Excesso de brilho no rosto, pele pouco uniforme e oleosa: muitas pessoas convivem com essas imperfeições diariamente e lutam para obter uma derme mais equilibrada e saudável.

Tais características são ocasionadas pelo excesso de poros dilatados que podem parecer inofensivos e até ser uma mera futilidade. Mas, quando não tratados devidamente, podem levar a outras complicações estéticas, como o surgimento de acnes, manchas e cicatrizes.

Um tratamento estético altamente recomendado para amenizar o tamanho dos poros é o laser CO2 fracionado. De uma forma geral, esse procedimento atua diretamente no rejuvenescimento da pele através da renovação celular. Por isso, ele é indicado para situações mais graves de acne.

Por ser muito potente e penetrar mais fundo na derme, o laser consegue atuar em cicatrizes e em evidências de fotoenvelhecimento (envelhecimento da pele que é gerado pela exposição excessiva ao sol).

Como funciona o laser CO2 fracionado?

O procedimento funciona através da ação intensa do laser. Como o aparelho é fracionado, dois feixes de luz agem na região de forma específica. Em contato com a pele, toda a região fragilizada e danificada esquenta levemente. As moléculas de água da derme são vaporizadas e perdem o seu volume.

O tratamento localizado acaba lesando e machucando as células, promovendo uma regeneração celular. É todo esse processo que irá garantir a revitalização do rosto e a criação de um novo tecido epitelial. Assim, o laser fracionado permite a reconstituição de feridas e, inclusive, o fechamento dos poros de forma mais rápida. 

Como é a recuperação?

Geralmente, nas primeiras 24h a pele ficará mais sensível, apresentando vermelhidão e inchaço. Porém, a recuperação irá variar de acordo com o organismo de cada paciente.

A pele volta a normalidade em até uma semana e nada impede que as atividades diárias sejam mantidas, desde que as recomendações médicas sejam devidamente seguidas.

Como surgem os poros dilatados?

Bastante comum, especialmente no verão, os poros dilatados aumentam devido as altas temperaturas e a maior produção de suor e oleosidade pelo organismo. Porém, em algumas pessoas, a acne e os poros dilatados podem ser somente um desequilíbrio nas glândulas sebáceas. Nesses casos, poluição, sujeira e o acúmulo de células mortas contribuem para o agravamento do quadro. 

Os poros dilatados também podem ser uma evidência do envelhecimento da pele, geralmente ocasionado pela exposição excessiva ao sol que age no DNA das células, resultando em um aspecto cansado e envelhecido com o passar do tempo.

Adotar hábitos básicos de limpeza facial é fundamental para evitar aumento na dilatação dos poros. Para isso, siga as indicações do seu dermatologista, cada tipo de pele merece cuidados específicos.

As pessoas que tem propensão a ter poros dilatados devem seguir algumas dicas básicas, como:

  • Usar maquiagens livres de óleo e para pele oleosa.
  • Usar cremes à base de ácido (retinoico e hidroxiácidos).
  • Usar filtro solar todos os dias, preferencialmente produtos para pele oleosa.

Consulte um profissional

Se você tem dúvidas de como tratar e de como evitar os poros dilatados, procure um dermatologista. Ele irá indicar os cuidados necessários para a sua pele e o procedimento mais adequado para trata-la.

Entre em contato com a Coderm agora mesmo e agende uma consulta com o Dr. Eduardo Colácio. Prolongue a beleza e a saúde da sua pele!

20%
OFERTA ESPECIAL DO SITE

Cuide da saúde do seu corpo. Você merece!

Desconto de 20% na consulta.
SOMENTE para agendamentos através do site!

AGENDAR AGORA