O inverno se aproxima e com ele aumenta a procura e a realização de procedimentos estéticos voltados para o tratamento da pele. Entre os principais procedimentos estéticos para realizar no inverno estão:

Devido à baixa incidência e exposição aos raios solares, essa é a época do ano ideal para realizar intervenções um pouco mais agressivas, que utilizem laser, substâncias como o ácido ou que precisem de mais tempo para recuperação.

A pele é uma região muito delicada. Por isso, no inverno é possível obter resultados melhores com tratamentos cutâneos e evitar os riscos com queimaduras, manchas e outros problemas.

Por que o inverno contribui?

Com o frio, as pessoas acabam se expondo menos ao sol, permanecendo mais dentro de casa. Isso favorece a recuperação do tratamento e a regeneração da pele. Naturalmente, as radiações já são responsáveis por diversos problemas de pele. Porém, quando a região passa por algum atrito estético, acaba ficando ainda mais sensível e mais exposta as complicações solares.

Durante o verão, além das pessoas quererem estar ao ar livre, os raios de sol são ainda mais fortes. O contato com o cloro e com a água do mar também são mais frequentes e esses são outros fatores prejudiciais para a pele. Infelizmente, muitos procedimentos estéticos pedem cuidados especiais após a sua realização. Confira para que servem esses tratamentos!

Hidrolipo

O tratamento consiste na remoção de gorduras localizadas em diferentes regiões do corpo. A técnica não é uma forma de emagrecimento, mas sim de modelar partes em que as células adiposas são excessivas.

Laser de CO2 Fracionado

Esse tratamento utiliza da ação do laser para tratamentos de cicatrizes, manchas, rugas, estrias, flacidez e poros abertos. Portanto, é um procedimento muito indicado para diferentes partes do corpo. Dividindo-se em vários feixes, o laser entra em contato com a pele, aquecendo a região e fazendo com que as moléculas de água em seu interior percam o volume.

Ao se retrair, as moléculas perdem a sua flacidez e inicia um novo processo de regeneração cutânea. Durante aproximadamente 10 dias, a pele pode ficar sensível, inchada e avermelhada.

Peeling químico

Por tratar manchas e imperfeições, os peelings ainda são considerados a melhor alternativa. O tratamento é um dos mais procurados no inverno porque consiste na aplicação de camadas de ácidos principalmente no rosto.

A ação retira células mortas, promove a regeneração da derme, o aumento do colágeno e consegue remover machas, rugas e cicatrizes. Mas, o peeling promove uma descamação da pele, o que a deixa mais delicada.

Subcisão (tratamento para celulite profunda)

Esse procedimento também é chamado de subcisão e é uma técnica que corrige as alterações e imperfeições do relevo da pele. No caso das celulites, é indicado para casos mais agravados do quadro. A intervenção consiste em pequenas incisões com agulha especiais, em movimentos circulares que rompem o tecido fibroso.

Prevenção mesmo no inverno

Ainda que a incidência solar seja menor no inverno, alguns cuidados devem ser tomados para garantir os bons resultados. Cada tipo de tratamento tem os seus pós procedimento, mas, basicamente, o protetor solar deve ser aplicado na pele tratada, mesmo que não seja verão.

Para mais detalhes, procure profissionais qualificados para atender o seu caso. Faça contato com a Coderm e agende uma consulta com o Dr. Eduardo Colácio! Os agendamentos realizados pelo site oferecem um desconto de 20% na consulta. Clique no botão abaixo e confira!

20%
OFERTA ESPECIAL DO SITE

Cuide da saúde do seu corpo. Você merece!

Desconto de 20% na consulta.
SOMENTE para agendamentos através do site!

AGENDAR AGORA