Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2020, o câncer de pele correspondeu a 27% de todos os tumores malignos no país. O número é maior que do que outros cânceres muito comuns, como o de mama e o de próstata. Tanto que no último mês do ano ocorre a campanha Dezembro laranja.  

Essa tem como objetivo conscientizar a população sobre o surgimento e prevenção desse câncer. Quer entender mais sobre o tema? Neste texto mostraremos mais detalhes sobre essa campanha e como você pode se prevenir.  

Dezembro laranja: combate ao câncer de pele! 

Criada há oito anos pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, o dezembro laranja tem como objetivo conscientizar a população acerca da prevenção do câncer de pele. Assim, durante o último mês do ano, explica-se o que é esse câncer e como o evitar.  

O que é o câncer de pele? 

Como dissemos anteriormente, o câncer de pele é o mais frequente no Brasil e mundo. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), 185 mil novos casos são registrados por ano. A doença acontece devido ao crescimento anormal e descontrolado das células que formam diferentes tipos de cânceres de pele:  

  • Carcinoma basocelular (CBC) – mais recorrente entre todos, surge nas camadas mais profundas da epiderme. Comumente, ele surge nas regiões mais expostas ao sol, tais como pescoço, couro cabeludo, orelhas e face; 
  • Carcinoma espinocelular (CEC) – esse câncer manifesta-se nas camadas superiores da pele e pode se desenvolver em todas as partes do corpo. Ele é mais comum em áreas como o couro cabeludo, o rosto e o pescoço;  
  • Melanoma – menos frequente e que apresenta o pior prognóstico. Ele costuma ter a aparência de uma pinta, porém essa muda de cor, de formato e tamanho, podendo causar até mesmo sangramento. 

Sintomas do câncer de pele   

Somente a biópsia ou o exame clínico feito por um médico podem diagnosticar o câncer de pele. Entretanto, alguns sintomas podem servir de alerta para a pessoa: 

  • Manchas e feridas que não cicatrizam, que coçam, continuam a crescer e causam sangramento; 
  • Uma lesão na pele com aparência brilhante e elevada, translúcida – avermelhada, rósea ou multicolorida – com crosta central e que facilmente sangra; 
  • Pintas pretas ou castanhas que mudam de textura, cor, aumentam de tamanho e formam bordas irregulares.  

Como se prevenir contra o câncer de pele? 

Felizmente, manter alguns cuidados diários auxilia na prevenção contra essa doença. Veja alguns: 

  • Usar filtro solar FPS 30, no mínimo. Até mesmo quando permanecer em casa e em dias nublados o uso é essencial; 
  • Evitar a exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h; 
  • Usar proteção adequada, como óculos escuros com proteção UV, bonés, roupas e sombrinhas e barracas em dias muito quentes; 
  • Caso perceba que uma mancha na pele aumentar, mudar de cor ou formato, não hesitar em consultar um dermatologista;  

É importante ter em mente também que a proteção contra o câncer de pele não deve acontecer somente na fase adulta. Isso porque o cuidado já nos primeiros anos de vida poderá evitar que surjam queimaduras solares da infância.  

Além disso, ao ensinar os pequenos a se prevenir será muito mais fácil para eles na fase adulta carregar os pequenos hábitos que garantirão sua prevenção para o resto da vida.  

Agende sua consulta na Coderm! 

Ao longo deste mostramos que o câncer de pele é um dos que mais acometem as pessoas no Brasil e no mundo. Dissemos que ele é muito mais comum após os 40 anos e causado devido à exposição excessiva ao sol sem a proteção do filtro solar.  

Gostou de entender mais sobre o tema? Então não esqueça de agendar uma consulta na Coderm para tirar suas dúvidas e para a avaliação da sua pele!  

20%
OFERTA ESPECIAL DO SITE

Cuide da saúde do seu corpo. Você merece!

Desconto de 20% na consulta.
SOMENTE para agendamentos através do site!

AGENDAR AGORA